Meu primeiro contanto com a escrita do Raphael Montes foi através do livro O Vilarejo, e posso lhe garantir que me arrependo ao máximo de não ter lido nada desse autor antes. Venha conferir a resenha do macabro livro, O Vilarejo, publicado pela Suma de Letras.
O Vilarejo - Raphael Montes
Editora: Suma de Letras
Páginas: 96
Skoob
Classificação: 


Sinopse: Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.
As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.



Uma guerra civil (não a do TeamCap X TeamStark) alastra e digamos que fecha as portas de um vilarejo esquecido nas montanhas, o frio cada vez mais intenso, e a fome aumentando a cada instante, verdadeiramente um lugar abandonado por Deus, os mundos das pessoas se resumem a suas ínfimas casas, ninguém se atreve em colocar os pés fora de casa, principalmente com o desaparecimento indecifrável daqueles que saem.

Somos apresentados aos sete pecados capitais, e como esses demônios influenciam na vida de cada protagonista dos contos que compõem a obra, talvez o esquecimento, a fome, o medo, o frio e os desejos os deram liberdade para que eles possuíssem os corpos em que lhe retirasse o que um dia tiveram de melhor.

É difícil falar desse livro, ele não nos traz apenas uma história, e sim sete, que mesmo podendo ser lido fora de ordem, se relacionam entre si. Não economizem no estômago forte na hora da leitura do livro, banhos de sangue você encontra a cada capítulo, barbáries e o mais podre de um ser humano não vai faltar.

Foto: http://epigrafe.org/

Segundo o livro, os contos originais foram escritos em cimério e Raphael Montes responsável apenas pela tradução, mas, há quem duvide, inclusive eu, tudo isso que ele nos conta - no prefácio e posfácio - não passa de um truque para que achemos ainda a mais a veracidade da história.

O livro é curto, podemos lê-lo em apenas algumas horas, os ricos detalhes na diagramação deixa o livro ainda mais incrível, todo o cuidado que a editora teve ao edita-lo foi impecável, as folhas amarelas de sempre e a escrita detalhada do Raphael.

O velho estava certo. O vilarejo vem sendo dizimado a cada dia. As mortes são frequentes e o luto se sentou à mesa. Ninguém chora os mortos. Não podem desperdiçar energia lamentando a partida dos que não suportaram o frio e a fome.

O livro vem nos mostrar que nem tudo que parece é, é aquele velho ditado, as aparências enganam, não sabemos o que se passa dentro da cabeça daquele vizinho que você observa as vezes, fica comparando suas vidas, mesmo não sabendo o que realmente acontece do lado de lá, e é justamente isso que reconhecemos ao fim da leitura, não se deixe levar pelos devaneios dos seus pensamentos.

Como sempre, espero que vocês tenham gostado da resenha, comentem aqui embaixo suas opiniões a cerca. Beijos e até mais! 


12 Comentários

  1. Eu já conheço a escrita do autor, mas ainda não tive a oportunidade de ler esse livro. Mas pelo que pude imaginar, a trama é muito interessante, principalmente por conseguir repassar mensagens importantes sobre questões de aparências e afins. Fiquei surpresa ao saber que possui apenas 96 páginas, mas pelo menos foi uma leitura válida para você. E claro, adorei a sua resenha também. Quem sabe, eu ainda possa ler esse livro.. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Eu ainda não li nada do Raphael, mas já me sinto arrependida de não tê-lo feito *-* Só vejo resenhas positivas dos livros dele, tanto deste quanto de "Dias perfeitos", então a curiosidade é muita...haha' Espero poder ler as obras em breve, e espero mais ainda entrar para o grupo dos que gostaram dos livros do autor :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, mas me parece ser uma história daquelas que prendem atenção, pelo que notei na resenha. Nada melhor quando o autor tem uma escrita detalhada, prende ainda mais a atenção do leitor. Adorei a resenha!
    http://virandoamor.blogspot.com.br/2016/03/inscricoes-para-o-booktour-do-livro.html

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu já conheço o livro mas ainda não tive coragem para ler. PArece ser um livro com muito terror e ainda mais que essa ilustração só me deixa mais tensa. Tenho vontade de ler, mas preciso dar um grande salto primeiro e vencer meu medo. Eu não sabia que os contos originais forame escritos em cemitérios, sendo truque ou não é no mínimo sinistro.

    ResponderExcluir
  5. Não conheço a escrita do autor, mas já conheço o livro de uma outra resenha que li recentemente,que era igualmente positiva por sinal. E assim como a outra resenha a sua despertou meu interesse na história. Esse negócio de nem tudo que parece... é uma das coisas que mais repito aqui em casa.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  6. Oiii!

    Atualmente ele é um dos autores mais bem falados do gênero né?
    Ainda não tive oportunidade de ler suas obras e essa é uma das que eu fujo por causa da temática!
    Eu gostei de saber da mensagem por trás de todo o enredo é ótimo quando acontece né?
    A resenha está linda!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? :)
    Eu quero muitooooo ler esse livro mas eu sou uma pessoa muito assustadiça, no entanto, é quase que uma meta para mim mesma este ano, lá para Outubro talvez, por causa do Halloween. Quero tmb poder ler mais do autor porque já ouvi maravilhas sobre a escrita dele.
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Oiie!

    Já ouvi falarem muito desse livro, por ser de contos eu me interessei, ainda mais por passar a mensagem, de que as aparências enganam, que nem tudo é como vemos. Por parecer uns contos meio fortes , não é meu tipo favorito, mas vou dar uma chance.

    beijos
    www,apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Vinicius,
    O primeiro livro que li do autor foi esse e confesso que esperava um pouco mais. Mais de medo, mais de assombração e noites insones.
    Apesar de ter esperado mais, gostei muito do livro e foi uma leitura agradável.
    E, sim, existe uma mensagem muito marcante por trás desse livro.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro essas tramas que pedem um estômago mais forte e tal. Simplesmente adoro! Eu vi diversos elogios quanto a escrita do Raphael, e fico cada vez mais curiosa para ler. Adorei ter sete histórias diferentes, acho que deixa a leitura bem mais dinâmica. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Já tinha ouvido falar do livro porém não me despertou o interesse por se tratar de um terror e nenhuma leitura do gênero funciona comigo, gostei desse esquema de ser uma obra de contos que tem uma relação e se tratarem em partes dos pecados capitais!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Tenho vontade de ler esse livro, mesmo sendo um pouco medrosas para essas leituras. Você tem razão, porque só pelas fotos a edição parece estar incrível. Pelo jeito tem muito banho de sangue...rs Você não é a primeira a alertar sobre isso.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir