Olá galera, tudo bom com vocês? Hoje trago a resenha de um livro viciante, forte e pesado para vocês, A Morte de Sarai, da autora J. A. Redmerski, foi publicado pela editora Suma de Letras em fevereiro e me ganhou logo nos primeiros capítulos.

A Morte de Sarai - J. A. Redmerski
Série: Na Companhia de Assassinos
Editora: Suma de Letras
Páginas: 255
Skoob
Compre: Submarino | Extra | Saraiva                               

Sinopse: Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar.
Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo. Em “A morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.

 A pobre Sarai, uma mulher de 23 anos que não sabe quem é seu pai e não faz questão de lembrar seu sobrenome, passou os últimos 9 anos da sua vida mantida num cativeiro em algum lugar do México sob o olhar do maldito traficante Javier. Sua mãe não era uma mulher de boa índole, vivia com muitos homens, era alcoólatra e viciada em drogas, e foi dessa forma que Javier conheceu Sarai, e facilmente se apaixonou. Sua mãe morreu e ela logo foi levada para esconderijo onde ele, Javier, traficava drogas e mulheres.

Após a sua chegada, ela só pensava em fujir dali , mas, mal sabia ela que esse momento só aconteceria 9 anos depois. Ela morava em uma cidade dos Estados Unidos, e só sabia falar inglês, mas com o tempo, aprendeu a falar espanhol, o que lhe ajudou bastante a entender o que os traficantes estavam tramando.

Em algum dia, um americano chega a fortaleza do tráfico e ela ver nele a chance de finalmente fugir daquele lugar, ela já tinha tudo planejado, já tinha uma arma, e o momento era agora. Ela consegui passar pela segurança e entrou no carro desse tal americano, e então, quando ele sai do cativeiro e entra no carro, ela apontou a arma na cabeça dele e obrigou a ele tira-la de onde quer que ela esteja, o que ela não esperava, era que ele estiva dirigindo por horas em círculo e que ele fosse um assassino de aluguel.

Vou esperar até passarmos a fronteia, e então farei o  que for preciso para fugir dele, mesmo que isso signifique ter que matá-lo. 

Victor, esse tal americano, é um cara totalmente imprevisível, que esbanja autoridade, inteligência e dinheiro. Ele é um dos muitos assassinos de aluguel de uma grande empresa de mafiosos que contrata esse assassinos para fazerem trabalhos por rios de dinheiro.

Sarai perdeu boa parte da sua sanidade, ela perdeu completamente a fé nas pessoas, duvida de tudo que a cerca e teme a todos. Ela passou anos vendo jovens mulheres sendo estupradas, mortas e passando por precárias condições de higiene. Ela estava ali como todas as outras, mas tinha suas regalias por conta da paixão que Javier sente por ela, só o Javier pode tocar na Sarai, ela o acompanha em algumas "missões" e por conta disso, toma banho com mais frequência que as demais.

Há um pequeno corte em cima do osso da minha sobrancelha esquerda. Pareço cansada... e usada.
Durante a fuga da protagonista, que não é nada fácil, eles vão se apaixonando, mas Sarai não quer se entregar a essa paixão por medo, Victor é um homem muito frio e calculista, fazendo com que isso impeça de transparecer o que sente.

O livro é narrado pela visão dos dois protagonista, nós notamos facilmente a diferença da escrita da Redmerski nos capítulos da Sarai para os de Victor, que não são tão longos. Durante a leitura percebemos a evolução dos personagens, principalmente da Sarai, a sua vontade de dar a volta por cima lhe muda completamente. A construção dos personagens, da trama, dos locais foram muito bem elaboradas, tudo se complementa e deixa as cenas bem mais reais. As cenas de ação, que não são poucas, são muito bem descritas de maneira que nos transporta para o meio de um sequestro, de um tiroteio ou um suicídio naturalmente.

Acho que, no geral, todos achamos ridícula a idiotice dos outros, até que nós achamos mesmos somos forçados a viver experiências traumáticas.

Esse meu primeiro contato com a Redmerski foi simplesmente majestoso, ela me apresentou um suspense super bem escrito, com uma leitura dinâmica e fluída, mas também pesada, forte e densa. O livro, além de toda a atmosfera de suspense e incertezas, temos algumas pitadas de cenas quentes, o que foi muito bom durante a leitura da obra. Vale ressaltar que estejam prontos para as mais cruéis cenas, é bom que tenham estomago bastante forte.



A Editora Suma de Letras está de parabéns pela diagramação do livro, apesar da mudança de capítulos serem simples, dão um toque de requinte a obra, a textura da capa do livro é ótima e condiz com o tema áspero escrito pela autora. A leitura de A Morte de Sarai está mais do que recomendada, o segundo livro da série, O Retorno de Izabel, foi lançando mês passado e eu estou muito ansioso para lê-lo. Espero que vocês tenham gostado da resenha, e não esqueçam de comentar aqui embaixo, beijos e até mais.


25 Comentários

  1. Olá!

    Que chocante a história de Sarai! Gostei da premissa, ainda mais por se passar no México, o que dá um tom de realidade à trama. Adoro o México, conheço um pouco essa realidade, o que me dá ideia de mais ou menos vai rolar a trama. Sua resenha está excelente, quero o mais rápido possível esse livro!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kamila, a história é realmente bem chocante.
      Leia mesmo, eu super gostei da obra

      Excluir
  2. Gente que livro espetacular , venho o namorando já faz algum tempo ,sua resenha só fez aumentar o meu desejo , mais minha metas de leitura deste ano esta muito grande provavelmente não rola mais nenhum livro novo .
    Fiquei intrigada com titulo não é possível que seja um spoiler né

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "venho o namorando já faz algum tempo" KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK morri
      Só lendo pra saber se o título é um spoiler ou não haha.
      Espero que leia em breve.

      Excluir
  3. Oi Vinícius!
    Já ouvido falar sobre esse livro, mas não havia lido nenhuma resenha. Mesmo sendo uma história pesada parece ser o tipo de livro difícil de largar. Fiquei interessada nele. Parabéns pela resenha!
    Beijos

    http://tudoqueeuli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erica, só larguei o livro quando era realmente necessário, o livro te prende muito.
      Obrigado, beijos!

      Excluir
  4. Olá, Vinicius. Nunca li nada da autora, porém sua resenha me deixou com muita vontade de ler esse livro. Quero descobrir mais sobre Sarai e sua busca por sobrevivência!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana.
      Descubra logo, hein?
      Espero que goste, bj

      Excluir
  5. Oi Vinícius, tudo bem?!
    Curti demais a sua resenha. Ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas ela está na minha lista de: preciso ler com urgência!

    Um grande beijo!

    www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diane, tudo ótimo. Obrigado, espero que a resenha feito ele furar a fila de alguns livros da lista, realmente vale a pena, viu?

      Beijoos!

      Excluir
  6. Não tenho coragem de ler livros assim. Não sei realmente o motivo, mas fico receosa porque muita gente diz que é forte.
    Foi assim que eu fui ler laranja mecânica, na realidade ainda estou lendo e aos poucos me arrependo pelas cenas fortes. Tá difícil dominar os pensamentos, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, mas as vezes temos que sair da nossa zona de conforto não é?
      Laranja Mecânica parece ser muito bom, espero que quando terminar o livro tenha gostado da leitura.
      Beijos.

      Excluir
  7. Oi Vinicius
    Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas eu definitivamente morro de vontade de o fazê-lo. A sua resenha me deu aquele gostinho a mais sabe? Pretendo adquirir esse livro em breve.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mayara, assim que adquirir o livro não perde tempo e vai correndo lê-lo, hein?

      Beijos.

      Excluir
  8. Gente a vontade de ler esse livro bateu forte!
    É uma trilogia, todos os livros já foram publicados?

    http://torradascomcha.blogspot.com.br/2015/08/finalizando-julho-maratona-literaria-de.html?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ingrid, andei pesquisando e vi que são 4 livros dessa série, estou super ansioso para ler todos *o*

      Excluir
  9. Parece ser muito bom, ameia premissa. Uma pergunta: os quatro livros precisam ser lidos na mesma ordem?
    Bjs, Isa
    http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Creio que sim, pois um vai continuando a história do anterior.
      Bjs

      Excluir
  10. Oi Vinicius, tudo bem
    Assim que vi esse livro, pensei que ele não era para mim. Muito pesado, acho que me abalaria. Mas depois das resenhas que li, todos comentam que apesar de forte, é uma leitura que merece ser feita, que surpreende. E se você está dizendo que a leitura foi majestosa, e tem suspense, eu vou me render, até porque já lançaram a continuação. Sua resenha ficou ótima.
    Beijinhos.
    Cila.

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, Vinícius. Tudo bem?

    Tenho esse livro aqui em casa e sou super curiosa a respeito dele. Já vi muitas pessoas falando bem. Parece realmente ser um suspense bem interessante e com uma narrativa bem desenvolvida.
    Adorei sua resenha. Me empolgou muito bem.

    Beijocas,
    www.segredosentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ólá... eu quero muito ler esse livro e eu já o tenho aqui em casa... lendo sua resenha eu lembrei do porque quero tanto ler o livro rs... a premissa é bem instigante e é bem o tipo de livro que gosto de ler... eu não sabia que se tratava de uma série e mesmo me desanimando um pouco com essa novidade ainda quero começar, mas vai demorar, porque não pretendo começar a leitura de novas séries, preciso primeiro finalizar algumas que tenho aqui... Xero!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    adorei a premissa de A morte de Sarai por ser algo que achei bastante inovador. Além de se passar no México, o que pouco vemos hoje em dia.
    Achei, também, o título bastante intrigante. Tenho quase certeza de que Sarai não morre, até porque temos um segundo livro, mas queria saber o porquê dele. É porque ela perde a humanidade (?) no cativeiro? Enfim... to bem curiosa e quero muito lê-lo logo.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Vinicius

    Eu li Entre o Agora e o Nunca dessa autora e achei bom, nada excelente, mas uma leitura okay. E por conta disso não consegui pegar ainda o segundo Entre o Agora e o Sempre.

    Por isso também que não fiquei muito interessada nesse novo lançamento, mas você me deixou curiosa. Ler suspense é sempre sinônimo de crise de ansiedade, mas aceito de bom grado. Hahaha

    Assim que possível darei uma chance à Sarai.

    Bjs

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Ei, tudo bem?
    Esse livro me chamou muita atenção e estou super curiosa para lê-lo. A premissa é eletrizante e tenho certeza de que vou adorar a leitura. Infelizmente ainda não tive tempo para lê-lo, mas espero poder pegar ele nas férias.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  16. Vini, tua resenha ficou maravilhosa, adorei!!

    ResponderExcluir