Nunca Jamais, é o mais novo livro da Colleen Hoover em parceria com a Tarry Fisher, o primeiro volume da trilogia foi publicado aqui no Brasil em fevereiro pela Galera Record e hoje eu estou trazendo a resenha para vocês.

Nunca Jamais -  Colleen Hoover e Tarry Fisher
Editora: Galera Record
Páginas: 192
Gênero: Romance | Sobrenatural
Classificação: 
Skoob

Sinopse: Charlie Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. 
Charlie e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.



Em Nunca Jamais, nós conheceremos Charlie Wynwood e Silas Nash, os dois estão no quarto horário da escola e simplesmente não lembram de nada em que se diz a respeito de suas vidas pessoais, conseguem lembrar que sabem dirigir, ler e outras coisas assim, mas não sabem seus nomes, e até então, o elo existente entre eles

Meu primeiro instinto é dizer a ela que vai ficar tudo bem, que eu vou descobrir o que aconteceu. Sou inundado com uma necessidade esmagadora de protege-la – só que não tenho ideia de como fazer isso quando estamos ambos enfrentando a mesma realidade.

Ao acaso, eles descobrem que são namorados, que brigaram recentemente e que as famílias não se dão muito bem, sãos algumas das incertezas existentes no livro que nos faz não querer larga-lo. Eles percebem que esse lapso aconteceu apenas com eles, que o resto das pessoas seguem suas vidas normalmente, gerando ainda mais uma dúvida, por que só com eles?



E então embarcam numa aventura para descobrir o que aconteceu, refazendo trajetos e levantando várias hipóteses acerca desse fato um tanto estranho, quanto mais vão em busca dessas informações, mais se confundem e nos deixa ainda mais curiosos.

O obra em muitas partes se apresentou demasiadamente confusa, mas isso não impediu que o ritmo da leitura diminuísse, os personagens instáveis e quase iguais, me incomodou bastante, se no início de cada capitulo não tivesse o nome do narrador, iria me embaralhar todo.

Quando nossos olhares se encontraram, parece que estou vendo um lado completamente novo dela. Um lado onde não há sua determinação. Um lado desarmado. Um lado que a permite sentir alguma coisa.

Uma das coisas que mais gostei das narrações foi a precisa descrição, nos ambientando bastante no cenário em que se encontram. Fica evidente durante a leitura diversos aspectos da escrita do Hoover, li apenas um livro dela, Um caso perdido - leia a resenha aqui -mas consegui identificar peculiaridade entre ambas obras, como ainda não li nenhum livro da Fisher, não tem como eu falar das suas características, a única coisa que sei dos seus escritos, é que finais felizes raramente acontecem, diferentemente das obras da Colleen, imagina só a confusão para essas duas escreverem esse livro.



O trabalho da editora está de bom tamanho, folhas amarelas, a diagramação como de costume e não me recordo de ter encontrado algum erro ortográfico, sem contar que a capa é bem bonita.

Cheio de drama adolescente, hormônios florando e essa pitada sobrenatural, Nunca Jamais acabou de uma maneira que deixou um gancho muito bom para sua continuação, que aliás estou louco para ler. Ainda tem muitos mistérios para se desenrolar desses dois, que são amigos desde infância.

Por hoje foi isso, eu espero que vocês tenham gostado da resenha, e não esqueçam de colocar suas opiniões aqui embaixo, hein? Beijão e até mais!


2 Comentários

  1. Olá Vinicius,

    Eu gostei bastante da parceria da Colleen com a Tarryn. A história é bem diferente e nos deixa com aquele gostinho de quero mais. Já estou querendo ler o terceiro livro hahaha

    Parabéns pela resenha e pelo blog! =)

    www.booksimpressions.com.br

    ResponderExcluir
  2. To looooouca nesse livro 😱
    Amo tudo que a Colleen escreve e acho que não será diferente com esse livro.
    Adorei a resenha migo, me deixou com mais vontade ainda de ler e conhecer a escrita da Fisher, que aliás fiquei sabendo que virá ao Brasil ainda esse ano 😍

    ResponderExcluir